Tratamento de Piso – O que você precisa saber?

Pode até parecer tarefa simples, mas a limpeza de piso se não feita adequadamente pode causar efeitos indesejados, como manchas, arranhões, e outros problemas que podem nunca mais ser corrigidos.

Por isso, uma boa orientação e conhecimento a respeito do que fazer é fundamental para não cometer erros muitas vezes irreparáveis.

Então vamos lá!

Antes de começar a limpar seu piso, você precisa saber qual é o tipo de piso que você irá limpar e tratar. Existem hoje no mercado muitos de tipos de piso, feitos de uma infinidade de materiais diferentes. Pode ser porcelanato, piso frio, ardósia, cerâmica, pedra rústica, madeira, laminado…

Então, eles não podem ser tratados da mesma forma. Cada caso precisa de uma atenção especial e necessitam de cuidados específicos.

Após ter certeza do tipo de piso, você precisa saber qual é o tipo de sujidade que irá combater. Se for uma limpeza pós-obra, por exemplo, são resíduos de cimento, argamassa, calcários, etc. Se é uma limpeza diária, ou se é uma área de cozinha ou churrasqueira, que existe mais gordura.


Começando a limpeza

Para qualquer tipo de piso, a limpeza deve começar do mesmo jeito, removendo toda a poeira e a sujeira acumuladas no chão, tomando cuidado com os pisos mais delicados para não arranhar.

Vamos listar então a limpeza por cada tipo de piso


Pedras e Pisos Rústicos

São pisos que não receberam nenhum tipo de acabamento ou tratamento, são mais rústicos e geralmente mais ásperos. Estão geralmente na área externa da casa, em volta da piscina, etc. Suportam um tratamento com produtos mais agressivos, por isso tome cuidado, pois esses produtos precisam de equipamento de proteção (luvas, botas, óculos)

O problema principal das pedras é que elas são porosas, tem alto poder de absorção, o que pode causar o surgimento de manchas ao longo do tempo. Então a primeira coisa a se fazer é umidificar o piso. Molhe bem o piso antes de utilizar o produto químico. Após isso,  seguir as instruções do produto, utilizando na diluição recomendada. Espalhe o produto em uma pequena área, esfregue com o auxilio de uma escova de cerdas mais duras ou de uma fibra de limpeza, deixe agir por alguns minutos (mas não deixe secar!) e enxague a área. Tome cuidado para não aplicar o produto no piso numa área muito grande, fazendo com que o produto seque sobre o piso. Isso poderá causar manchas.

Utilize Limpa Pedras, Ácidos, sempre na dosagem correta.

Outra dica importante: nem sempre os pisos rústicos e pedras estão isolados do restante da casa. Então tome cuidado com outros pisos que estão em contato com esses pisos mais rústicos, pois não suportam o mesmo tratamento e mesmo produto químico


Ardósia

A ardósia não é tão porosa como as pedras, mas mesmo assim não suporta qualquer tipo de produto. A ardósia em especial tem produtos específicos somente para esse tipo de piso. Então sempre procure pelo produto próprio para a ardósia. Geralmente são produtos de base ácida, que até podem ser utilizado em outros pisos.


Porcelanato

O porcelanato é um tipo de piso mais delicado que necessita de alguns cuidados especiais para garantir que a sua beleza dure por mais tempo. Mesmo até o porcelanato rústico que tem aspecto opaco e é áspero.

Os produtos químicos também são específicos, geralmente mais neutros. CUIDADO com receitas caseiras e que misturam outros produtos! Nunca utilize também sabão em pó, ácidos, água sanitária ou soda cáustica. Produtos não indicados podem remover o esmalte do piso, deixando poroso, suscetível a entrada de impurezas, manchando e deixando o piso opaco.

Então molhe o piso a ser limpo, dilua o produto, esfregue com o auxilio de uma escova macia ou fibra, e enxague. Não utilize produtos abrasivos, como lã de aço (Bom Bril), vassouras muito duras, etc.

A não diluição dos produtos, bem como a sua aplicação direta sobre o piso, pode ocasionar no surgimento de manchas permanentes.

O porcelanato (principalmente o polido – brilhante) não precisa de cera. O seu custo é mais elevado devido justamente ao acabamento que recebe para poder ter o brilho permanente. O uso de cera é totalmente desnecessário e errado. Uma boa e correta limpeza devolve o brilho desejado.

Para a limpeza diária, existem muitos produtos de limpeza sem enxágue, que limpam de deixam aroma agradável.


Pisos de Madeira

Geralmente encontrados no formato de tacos, assoalhos e tábuas corridas, são mais pesadas e fortes e mais resistentes a variações de temperatura.

Para a limpeza, existem produtos para limpeza sem enxague. A madeira absorve muita água, então utilize um pano úmido, mas não encharcado.

Quando o piso possui acabamento acrílico, apenas esses limpadores, geralmente perfumados, já basta para a limpeza.

Se o acabamento está desgastado e já está opaco e com riscos, está na hora de remover aquela cera velha e aplicar uma camada nova. Para isso, o recomendado é utilizar o removedor de ceras, seguindo as instruções de diluição e aplicação. Após removida todas as camadas de ceras velhas, o piso estará “cru”, necessitando de novo acabamento para devolver o brilho. Escolha uma cera de qualidade, de preferência incolor e aplique em finas camadas, em um único sentido. Aplique a primeira camada em todo o piso, deixe secar por 30 minutos. A próxima camada, aplique no sentido perpendicular da primeira camada, sempre em camadas finas. Camadas muito grossas dificultam o aspecto brilhoso.


Pisos Cerâmicos

Os pisos cerâmicos e os pisos de porcelanato costumam ser confundidos, já que hoje em dia existem muitas variedades de modelos e muito semelhantes também. O porcelanato é mais homogêneo do que o piso cerâmico e, na versão polida, tem maior brilho.

O piso cerâmico é mais poroso que o porcelanato.

A limpeza é comum a de outros pisos, como o porcelanato. Também requer atenção ao tipo de produto, escolha sempre o indicado no rótulo ou pelo vendedor, dilua o produto, esfregue com escova macia e enxague.


Mármores e Granitos

O piso de mármore, em especial, é extremamente poroso e com isso muito fácil de manchar. Produtos como gorduras, óleos, cosméticos, limão, vinagre, café, vinho são perigosos a esse tipo de piso.

Para a limpeza, utilize produtos específicos de pH mais neuro e seque bem o piso. O granito já é mais impermeável.


Limpeza Pós-Obra

Após o término da obra, muitas vezes os pisos estão com resíduos de cimento, argamassas, tintas, gesso, etc.

Existem produtos específicos para limpeza pós obra. Se o piso for uma pedra mais rústica, poderá utilizar o limpa pedras tradicional, que irá remover todo resíduo de cimento do local e não irá agredir o piso. Utilize sempre a diluição correta.

Se o piso for mais delicado, como o porcelanato, deve-se ter mais cuidado. Utilize limpadores pós-obra indicados para porcelanato, e redobre a atenção com a diluição. E não deixe o produto secar sobre o piso.

 

 

Conheça nosso ecommerce

Acessar